domingo, 27 de julho de 2014

03 Anos de Resistência

PISANDO NO QUARTO ANO


Passados três anos de resistência e de uma caminhada ininterrupta, vemos agora um novo horizonte que se apresenta, complementa-se a tudo isto um aprendizado que foi conquistado no dia a dia de um fazer que teve como premissa básica o respeito, portanto, de um amor incondicional a uma causa que é a defesa da literatura. A qual vemos como uma ferramenta indispensável para a formação de um nível educacional que busca acima de tudo a libertação do homem através de uma visão crítica de mundo.

Nestes três anos alcançamos vitórias que serviram como sinais que nos mostraram que estávamos trilhando os caminhos corretos: dois prêmios nacionais ‘TopBlog Brasil’; júri acadêmico e voto popular consecutivamente, como o segundo melhor blog de literatura do país, certame este que reúne hoje, só na área de literatura mais de vinte mil blogs. O ingresso de novos colunistas que com suas experiências vieram agregar valor ao nosso projeto e ainda a abertura de novas colunas e um novo layout nos garantiram estética, conteúdo e interatividade.

Com a experiência adquirida buscamos ainda mais a consolidação de uma política editorial que é de primar e defender a boa literatura, seja ela em nível nacional, quanto local, oferecendo aos nossos leitores conteúdos que ajudem a formação de opinião. E nos faz acreditar ainda mais na liberdade da informação como meio de garantia da democratização de um país que ainda sofre com o apoderamento dos meios de comunicação por grupos que fazem destes um meio de negócio.

Por fim, queremos repartir simbolicamente a primeira fatia do bolo de aniversário de 03 anos do DCP com os nossos parceiros, colaboradores e leitores, muitos deles espalhados por diversas cidades brasileiras, e também em países da América do Sul, Europa e do Continente Africano.

Todas estas conquistas assinaladas é resultado da determinação, da força e da persistência de poucos que ainda acreditam e sonham com uma sociedade mais justa, fraterna e solidária.

Um abraço sincero e fraternal,









Natanael Lima Jr e Frederico Spencer
editores



Depoimentos

Img: Reprodução

"Num tempo em que a literatura parece ter sido banida de vez da imprensa nacional, os 3 anos de resistência do blog pernambucano Domingo com Poesia têm mesmo que ser comemorados. Em frente, camaradas Natanael Lima e Frederico Spencer. 3 vezes 3 votos de muito sucesso.”  (Antônio Torres – Escritor, Jornalista e Membro da Academia Brasileira de Letras)

“Viva a poesia. Viva os três do Domingo de Poesia - um trabalho cultural da maior importância. Viva os três anos Domingo com Poesia!” (Ivan Maurício – Jornalista, Escritor e Secretário Estadual de Imprensa)

“O Blog Domingo com Poesia, se converteu no Pão Nosso de toda semana. Pontualmente, bate o ponto, e nos traz a substância que nos nutre a alma e apascenta o espírito. Parabéns e muitos anos de vida.” (José Luiz Melo – Poeta, Médico e Colaborador do Blog DCP)

“Parabenizo Natanael Lima e Frederico Spencer pelos três anos de dedicação ao Blog “Domingo com Poesia”, esse que tem sido apontado como um dos três melhores do país, tanto na divulgação de poetas já consagrados como no lançamento de novos poetas. Trata-se, sem duvida, de um espaço de real magnitude para a história e o desenvolvimento de nossas atividades no campo da poesia e da literatura em geral. Funciona também como incentivador do surgimento de novos talentos nessa área da criação artística, como aconteceu outrora com os suplementos literários de nossos jornais. E, nesse caso, com vigor ainda maior do que nas páginas literárias que ficaram na historia, porque no chamado “cyberspace” o mundo inteiro pode ser alcançado. O tempo dirá da importância desses dois paladinos da causa da poesia não só em nosso país, mas também em todo lugar onde se fale a língua portuguesa. Parabéns a eles!” (Domingos Alexandre – Poeta, Advogado e Tradutor)

“Um terno de anos completa o blog literário Domingo com Poesia, já começa a andar. Parece que foi ontem, parece que foi há 30 anos, tão árdua a resistência das letras por um humilde hectare ao sol.” (Antonio de Campos – Poeta, Tradutor e Colaborador do Blog DCP)

“O blog Domingo com Poesia foi e continuará sendo uma das melhores fontes de divulgação da poesia brasileira.” (Cícero Melo – Poeta, Blogueiro e Colaborador do Blog DCP)

“Escrever sobre literatura hoje é algo heroico. Os jornais estão cada vez com espaço reduzido para esse fim e os baixos índices de leitura apontam que o livro não ocupa um lugar de destaque na vida das pessoas. No entanto, quem decide escrever sobre livros não faz isso pensando nessas questões. A única coisa que importa é falar daquilo que se ama, sem receios. Para muitas pessoas a literatura tem uma força invisível. Não importa o que aconteça, ela sempre estará presente em todos os momentos. A internet atualmente possibilita que essa paixão seja expandida e divulgada para outros apaixonados pelas letras. Um exemplo disso é o blog Domingo com Poesia, editado brilhantemente há três anos por Natanael Lima e Frederico Spencer, que toda semana sempre tem algo interessante e de real valor sobre o mundo literário. Natanael e Frederico fazem uma diferença enorme, sempre ajudando na divulgação dessa arte maravilhosa. Enquanto existirem pessoas com essa determinação a literatura não estará fadada ao esquecimento. Ainda bem. Parabéns pelos três anos do Domingo com Poesia.” (Ney Anderson - Jornalista e Editor do site de literatura: www.angustiacriadora.com)

“O excelente Blog Domingo com Poesia surgiu para dar voz à poesia dos domingos, buscando a beleza, inquietação e intensidade nos poemas que apresenta, e encantando aos leitores que já o aguardam como ressonância das emoções, trazendo cores que os conduzirão pela rotina da semana. Assim, é recebido com alegria à cada domingo. Os poemas selecionados abrem novas miragens ao cotidiano de cada leitor nas tantas formas que a poesia oferece e os faz sentir bem, unindo a literatura e a vida em envolvente diálogo e compartilhando a esperança e a beleza como caminho ao mundo interior de cada um. Diante deste trabalho semanal e singular desejamos todos que a escolha hábil e o bom gosto do Blog continue com o sucesso merecido e cada vez maior, para a alegria dos seus leitores.” (Jade Dantas – Poeta, Blogueira e Colaboradora do Blog DCP)

“Três anos. Três anos de elegância e competência. É assim que vejo o blog Domingo com Poesia, editado pelos poetas Natanael Lima Jr. e Frederico Spencer. Elegância pelo visual sóbrio e de bom gosto. Competência pela escolha dos textos, fotos e vídeos com que renovam semanalmente o seu conteúdo. E aqui me chama atenção um detalhe. Apesar de contemplar toda a literatura nacional, há um claro e salutar compromisso com a literatura pernambucana (muitas vezes escanteada nos chamados polos culturais do país). Isso se reflete, para ficarmos apenas nos exemplos mais recentes, na abertura de espaço para poetas que nem sempre têm seu nome ou trabalho divulgados devidamente em outros veículos de comunicação. Por exemplo: Juareiz Correya, Arnaldo Tobias ou Maria do Carmo Barreto Campelo de Melo. Outro lado importante é a divulgação de blogs e sites que se relacionam com a literatura, abrindo ao visitante um leque de possibilidades para enriquecer seu conhecimento no assunto. Os bons critérios na escolha dos artigos, contos e poemas que são divulgados, também tem que ser ressaltado. E, por fim, mas não menos importante, esse exemplo de dedicação à cultura dado por Natanael e Frederico, sem esperar maior recompensa que a alegria de disseminar o que faz bem à alma humana, neste tempo em que só o corpo parece ser lembrado e exaltado. Parabéns, não só aos dois, mas também a todos que colaboram neste blog e, principalmente, parabéns a todos nós que temos o privilégio de usufruí-lo.” (Marco Polo Guimarães – Poeta, Contista, Jornalista, Compositor e Colaborador do Blog DCP)

“É assim que a poesia se revigora e permanece, reconstruindo-se nas malhas virtuais de iniciativas como o Domingo com Poesia. Parabéns aos editores. Sucesso, sempre e mais.” (Cláudia Cordeiro – Ensaísta, Professora de Literatura Brasileira e Webdesigner)

“Escutando o sol beijando magnólias ao amanhecer
Entre o paredão e a queda da cachoeira.”

De gotas em gotas.
Chove sempre aos domingos
Pingos poéticos.
Lembra-nos que respirar
Só vale a pena
Com poesia.
Poetizar é preciso.  
O resto a gente chama de vida.
Vida longa ao Domingo com Poesia. (Fernando Farias – Escritor, Contista e Produtor Cultural)

“O Domingo com Poesia era o que precisávamos para fortalecer a palavra literária no campo virtual. O novo está aí e este novo é parte nossa. Pessoa dizia que escrever é esquecer, e essa é a maneira mais agradável de ignorar a vida. Quando navegamos no DCP nos libertamos um pouco dos problemas, esquecemo-nos do impróprio e nos apropriamos da arte! É um prazer ter o meu portal, o Parlatório, como parceiro do Domingo Com Poesia. Vida longa!” (Adriano Portela - Jornalista, Escritor e Editor do Parlatório – www.parlatorio.com)

“Num tempo em que a originalidade é preterida em favor da massificação, o Domingo com poesia chega ao seu terceiro aniversário graças à dedicação e ao esforço de seus editores em divulgar o melhor da literatura pernambucana. Sinto-me gratificada por participar ativamente como colaboradora deste veículo de efeito multiplicador nunca antes imaginado. Vida longa ao DCP e à sua equipe!” (Salete Rêgo Barros – Escritora, Contista, Cronista, Editora da Novoestilo Edições do Autor, Produtora Cultural Executiva da Cultura Nordestina Letras & Artes e Colaboradora do Blog DCP)

“Acredito que não há muito a dizer sobre o blog Domingo com Poesia, quando ele completa três anos, porque o danado fala por si mesmo: destaque nacional desde o primeiro ano, reconhecido como um dos melhores blogs de literatura do país, cumpre sua função e vai além, resgatando nomes nacionais da literatura e promovendo nomes locais em toda a rede, ultrapassando barreiras geográficas e linguísticas. É um prazer ter alguns de meus trabalhos publicados neste importante espaço de comunicação e divulgação da arte da escrita, mas é um prazer maior ainda acessar a cada domingo e ser surpreendido com as pérolas pescadas por meus amigos Natanael Lima e Frederico Spencer.” (Paulo Rocha – Poeta, Contista, Editor e Membro da Academia de Letras do Jaboatão dos Guararapes)

“Todo domingo é dia de poesia com o excelente blog DOMINGO COM POESIA, publicado pelos poetas Natanael Lima Jr. e Frederico Spencer.” (Juareiz Correya – Poeta, Contista e Editor da Panamerica Nordestal Editora e Produções Culturais)

“Que sentido terá a vida sem a nossa capacidade de reinventá-la? Inerte, entregue à fatídica ausência dos deslocamentos do desejo humano, a existência, provavelmente, seria muito mais catastrófica e enfermiça do que parece ser. Reimaginar a vida de diversas formas e em diversos campos do conhecimento humano é o que nos mantêm vivos. Para mim, nos dias de intenso alvoroço, uma das maneiras mais domingueiras que há para facultar a aparição de outras possibilidades humanas é a diversificada oferta literária servida na bandeja das letras do Domingo com Poesia. Parabéns!” (Adriano Marcena – Escritor, Presidente da Academia de Letras do Jaboatão dos Guararapes e Colaborador do Blog DCP)

“É gratificante estar participando desta caminhada do Domingo com Poesia. O sucesso do blog é resultado do empenho e seriedade com que Natanael e Frederico têm trabalhado desde o início. Foco, responsabilidade e respeito pelos leitores, uma fórmula que tem atraído um público diferenciado, que ama a literatura. Que o sucesso continue, pois a base foi suficientemente sólida para segurar os tantos admiradores que se chegam e se aninham, acolhidos e aquecidos pela grande qualidade do que é oferecido. Degustar, sentir e aprovar. Então, voltar, voltar e voltar, pelo simples prazer de sentir outra vez o que é bom, o que agrada, o que acolhe.” (Taciana Valença – Escritora, Poeta e Editora da Revista ‘Perto de Casa’)

"As tardes dos domingos há três anos, ganharam um novo colorido, um novo som, um novo tom,  através da moldura da internet, o Brasil ganhou um novo espaço para os versos, as rimas, a alegria, a paixão, a dor de corações partidos, de tristezas confortadas, mas, sobretudo da beleza do poeta em sua poesia. Parabéns ao Domingo com Poesia, pela sua tenra idade e sua precoce maturidade!” (Elias Gomes, prefeito por enquanto, homem da poesia sempre!)

“Meu contato com o Domingo com Poesia se deu através de um dos editores do Blog, Natanael Jr. Por indicação de Juareiz Correia, poeta muito estimado por mim, Natanael visitou o meu blog, deixou mensagem, enviou-me um e-mail e assim, virtualmente, foi criado um laço. Até nos conhecermos pessoalmente, minha poesia já tinha sido publicada algumas vezes no Domingo com Poesia, junto a outros escritores ilustres e pessoas tão comuns quanto eu, e essa congregação, acredito, fortaleceu o Blog que alcançou resultados expressivos comprovando a força existente na poesia. E a via de mão dupla alavancou também os acessos ao meu weblog. Quando o Domingo com Poesia é premiado, sinto-me também presenteada porque a alegria é compartilhada. Sou feliz de poder dizer que fiz parte disso tudo, que estou inserida nessa conquista, e agradeço afetuosamente aos editores do Blog, Natan e Frederico Spencer, pelo espaço e visibilidade que deram à poesia que me usou, que assino e da qual cuido com compromisso, respeito e certeza de que Ela tem um propósito de existir, a Poesia, que pra mim é a própria força da criação. Acho que o Domingo com Poesia entende disso e por isso estamos a fluir... Vida longa!!!” (Márcia Maracajá – Poeta, Escritora Blogueira, Performer Literária e Consultora Textual)

"O blog 'Domingo com Poesia' é uma das coisas boas que, nos últimos tempos, surgiram na cena literária da região. Fruto do sonho e da obstinação de Natanael Lima Jr. e de Fernando Spencer, 'Domingo com Poesia' oferece uma belíssima contribuição a arte literária, estreitando as relações entre autores e leitores. 'Domingo com Poesia' chegou para ficar. Vida longa ao blog, sucesso aos editores." (Alexandre Santos - Escritor e Presidente da União Brasileira de Escritores - UBE)

“Sinto-me muitíssimo honrada por fazer parte, enquanto colaboradora, do Domingo com Poesia. Como escrevo para crianças, jamais poderia perder esta oportunidade em comentar sobre o que representa para nós o DCP. Sim, porque, apesar de tão tenra idade, ele já nos mostra a que vinho, digo, a que veio. Numa trajetória de apenas três anos carrega em sua bagagem dois prêmios nacionais - o TopBlog Brasil - uma conquista para poucos. Fato este que o dignifica e nos convida, a cada domingo, degustar uma boa dose de literatura. Essa taça será sempre nossa. Vida longa e muito sucesso aos seus editores: Natanael Lima Jr. e Frederico Spencer.” (Abigail Souza – Escritora, Professora, Imortal da Academia Cabense de Letras, da Academia de Letras do Jaboatão dos Guararapes e Colaboradora do Blog DCP)

“O blog ‘Domingo com Poesia’ representa pra nós, da Academia Cabense de Letras, seus fiéis leitores, um espaço único onde a fantasia se funde com a realidade e o espírito assume a sensação do voo da liberdade. Essa congruência de valores só é permitida graças à dinâmica da formação do DCP, quando flutua com o que há de melhor na literatura, impregnando num astral rico de melodias divinas, oriundas da ‘Última flor do Lácio’. Parabéns Natanael Lima, pelos três anos do DCP e por nos representar brilhantemente nessa trilha do bem e do amor.” (João Sávio Sampaio Saraiva - Médico e Presidente da Academia Cabense de Letras)

“Confesso, fico ansioso
Pela postagem espero
E digo é tudo que eu quero
Pra não ficar nervoso
Eu juro não ser teimoso
Não sei se é vício ou mania
Pois eu quero todo dia
Eu fico é no aperreio
Mas calmo quando leio
Domingo com Poesia”
Grande abraço e parabéns pelos 3 anos de aniversário. (Meca Moreno – Poeta, Compositor e Produtor Cultural)

“Em agradecimento, nesses 3 anos de existência, pela atuação e compartilhamento da cultura, parabenizo a todos que fazem deste site um dos espaços mais ricos e personalizados em nosso estado. Pleno de vozes e textos singulares, nos alimentando a cada domingo, nós, leitores-escritores ávidos e ébrios de saber artístico!” (Neilton Limeira – Poeta, Professor da FOCCA e da FUNESO. Membro da UBE)

"domingo com poesia" é um espaço de luta e criação onde não é esquecido q a poesia é tão essencial quanto qualquer alimento. o trabalho de natanael e frederico é desses trabalhos q tornam o espaço vital respirável e nos alegra e orgulha.” (Alberto Lins Caldas – Poeta, Ensaísta e Crítico Literário)

Amigos Natanael e Frederico Spencer,
“Parabenizo-os e manifesto o sentimento pela existência e sucesso do trabalho de vocês. O DOMINGO COM POESIA pode ser o verso que completa o SALMO, que completa a paz, que completa o encanto do DOMINGO.” (Ivaldo Montarroios – Presidente do Instituto Histórico de Jaboatão)

“Estou eu concentrada, lendo notícias no Facebook, quando surge, lá no cantinho da tela, uma mensagem que desperta minha emoção pelo seu conteúdo: é um pedido do escritor Natanael de Lima, para que desse meu depoimento sobre o seu Blog ‘Domingo com Poesia’. Confesso que não poderia deixar-me mais lisonjeada, embora tenha ficado perplexa. Não entendi por que o escritor Natanael julgou-me capaz de realizar uma tarefa dessa magnitude, escolhendo-me, do meio tantos de seus seguidores beletristas.

Então, minha imaginação alçou voo nas asas de Dédalo e chegou a Lewis Carroll, a Jonathan Swift, acreditando num poder sobrenatural, possivelmente motivada pela ideia de receber a inspiração dos poetas, para que pudesse trabalhar num texto artístico e belo, que fizesse jus ao ‘Domingo com Poesia’ e, ao mesmo tempo, agradasse a seus leitores. Foi assim que Alice, diretamente do País das Maravilhas, sorriu-me, escondendo-se na floresta, e Gulliver emprestou-me sua luneta mágica, para dar discernimento a minha visão, pois Ícaro queimou suas asas justamente se aproximando do sol...

Nesse misto de satisfação e ansiedade, a dúvida começava a se instalar, quando, a dar-me ordens, minha expectativa determina: Aceite! Tudo isso se passou rápido demais, então, orgulhosa, disse o “sim”. Mais tarde, meu ego, envaidecido, veio me avisar que precisava ir ao computador, tocar o teclado, e escrever o que o pensamento mandava. A minha imaginação, acelerada, percorreu vários caminhos: o das frases repletas de poesia, o das mensagens postadas no passado, o das imagens retidas com o tempo por meus olhos fotográficos... E assim eu comecei a escrever:

O ‘Domingo com Poesia’, cozido a fios entrelaçados ao modo de uma grande obra, une trabalhos literários de grande requinte. Não se pode dizer que sua primeira publicação tenha despertado mais seus leitores que as que lhe sucederam, pois cada uma tem provocado interesse por sua singularidade. É fato que quem se encarrega desse Blog sempre gostou do que é bom. Mas... e quanto às sensações que desperta em seus leitores? Eu, particularmente, dedico um vasto tempo em suas páginas, alimentando minha sensibilidade, e nunca me sinto encorajada a deixar de ler qualquer das matérias. Atribuo o sucesso do Blog à confiança de seus leitores, que sempre encontram o melhor da literatura ali. Além de poesia, prosa e textos de opinião diversos, divulga ainda eventos e está sempre atualizado.

Faz tempo que acompanho sua triunfal caminhada. É um Blog que não segue um padrão polêmico, pois está mais preocupado com a apresentação de textos genuínos. E o que mais impressiona é que, entre um texto e outro, não há quebra na unidade literária, tudo é cuidadosamente costurado sem que apareça qualquer nervura. É como uma coletânea de obras-primas que traz diversos títulos preciosos e que se completam.

Por isso mesmo, reúne centenas de seguidores, beletristas ávidos por encontrar, nesse arquivo, talentos da arte da poesia, dos contos, entrevistas e informações sobre eventos culturais. Tudo isso nos mostra o porquê do sucesso e a tamanha importância desse Blog. Eu diria que o ‘Domingo com Poesia’ tem não só o poder de entreter, mas também de ajudar na construção de um mundo melhor, uma vez que a arte é, realmente, capaz de transformar os seres. Assim, mesmo quando nos sentimos abatidos, ao entrar no Blog, o mau sentimento esmaece, foge, e dá lugar ao contentamento!

O Blog Literário ‘Domingo com Poesia’, portanto, não é uma página que, depois de aberta pela primeira vez, esquecemos de visitar. O seu leitor envolve-se inteiramente com as incomparáveis matérias, construídas por verdadeiros engenheiros das letras, e, até, esquece-se de sair da página. Nada mais urgente é capaz de desligar a atenção de quem se sacia com as delícias desse Blog. É muito maior que a vontade de deitar e dormir. E a cada domingo renova-se a mesma emoção.” (Verluce Ferraz – Escritora e Seguidora do Blog DCP)



A Face Poética de Ariano Suassuna

 Ariano Suassuna/Foto:Divulgação

O DCP revela nesta edição comemorativa a face poética de Ariano Suassuna. Romancista, poeta, dramaturgo e ficcionista.  Ariano foi um poeta virtuoso, de uma sensibilidade ímpar e comovente. De seu reino, partiram raridades líricas, repletas de encanto, de grandeza onírica de suas perfeitas colocações ao eterno, ao divino e à espera da sorte sobre o destino humano. A sua poesia é incomum, visceral, distante de qualquer paralelo poético entre nós. Além das obras já consagradas, Ariano publicou pela Editora Universitária da UFPE, em 1999, o livro ‘Poemas’, com seleção e notas de Carlos Newton Júnior.
Conheça mais sobre a vida e a obra do mestre Ariano Suassuna acessando: http://www.academia.org.br/abl/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=305

Natanael Lima Jr e Frederico Spencer 
editores


QUATRO POEMAS DE ARIANO SUASSUNA

A INFÂNCIA
(Com mote de Maximiano Campos)

Sem lei nem Rei, me vi arremessado
bem menino a um Planalto pedregoso.
Cambaleando, cego, ao Sol do Acaso,
vi o mundo rugir. Tigre maldoso.

O cantar do Sertão, Rifle apontado,
vinha malhar seu Corpo furioso.
Era o Canto demente, sufocado,
rugido nos Caminhos sem repouso.

E veio o Sonho: e foi despedaçado!
E veio o Sangue: o marco iluminado,
a luta extraviada e a minha grei!

Tudo apontava o Sol! Fiquei embaixo,
na Cadeia que estive e em que me acho,
a Sonhar e a cantar, sem lei nem Rei!


A ACAUHAN – A MALHADA ONÇA
(Com mote de Janice Japiassu)

Aqui morava um Rei quando eu menino:
vestia ouro e Castanho no gibão.
Pedra da sorte o meu Destino
pulsava, junto ao meu, seu Coração.

Para mim, seu Cantar era divino,
quando, ao som da Viola e do bordão,
cantava, com voz rouca, o Desatino,
o sangue, o riso e as mortes do Sertão.

Mas mataram meu Pai. Desde esse dia
eu me vi como um Cego sem meu guia
que se foi para o Sol, transfigurado.

Sua Efígie me queima. Eu sou a Presa,
Ele a Brasa que impele ao fogo, acesa,
Espada de ouro em Pasto ensanguentado.


A MOÇA CAETANA A MORTE SERTANEJA
(Com mote de Deborah Brennand)

Eu vi a Morte, a moça Caetana,
com o Manto negro, rubro e amarelo.
Vi o inocente olhar, puro e perverso, 
e os dentes de Coral da desumana.

Eu vi o Estrago, o bote, o ardor cruel, 
os peitos fascinantes e esquisitos. 
Na mão direita, a Cobra cascavel, 
e na esquerda a Coral, rubi maldito.

Na fronte, uma coroa e o Gavião. 
Nas espáduas, as Asas deslumbrantes 
que, rufiando nas pedras do Sertão,

pairavam sobre Urtigas causticantes, 
caules de prata, espinhos estrelados 
e os cachos do meu Sangue iluminado.


LÁPIDE
(Com mote de Virgílio, o Latino, 
e de Lino Pedra-Azul, o Sertanejo)

Quando eu morrer, não soltem meu Cavalo 
nas pedras do meu Pasto incendiado: 
fustiguem-lhe seu Dorso alardeado, 
com a Espora de ouro, até matá-lo.

Um dos meus filhos deve cavalgá-lo 
numa Sela de couro esverdeado, 
que arraste pelo Chão pedroso e pardo 
chapas de Cobre, sinos e badalos.

Assim, com o Raio e o cobre percutido, 
tropel de cascos, sangue do Castanho, 
talvez se finja o som de Ouro fundido

que, em vão – Sangue insensato e vagabundo —
tentei forjar, no meu Cantar estranho, 
à tez da minha Fera e ao Sol do Mundo!



  • Online agora:

  • a literatura em sua rede