sábado, 29 de dezembro de 2012


Retroliterário 2012

 
 
Natanael Lima Jr*
 
 

 
 
 
 
 
 
imagem: Reprodução
 
 
Chegamos ao final de mais um ano. Contabilizamos muitas alegrias, conquistas e ampliamos novos horizontes na difícil caminhada literária a qual nos propusemos trilhar.
 
O Domingo com Poesia teve o prazer de divulgar e se fazer presente em importantes eventos literários do nosso estado e nacional, como a III Festa Literária de Marechal Deodoro – FLIMAR (AL); 1ª Reunião de Blogs Literários do Nordeste; 8ª Festa Literária Internacional de Pernambuco – FLIPORTO; Seminário Graciliano Ramos – Academia Pernambucana de Letras; 10ª Festa Literária Internacional de Paraty – FLIP; Festival do Livro, da Leitura e da Literatura (PE); IV Encontro de Poetas Repentistas e Emboladores de Jaboatão (PE); Festival Internacional de Poesia do Recife; 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo; III Bienal do Livro de Minas (MG); III Semana Literária do Colégio Barra de Jangada – Jaboatão dos Guararapes (PE); Quinta Poética – Homenagem ao poeta Alberto da Cunha Melo – Olinda (PE); entre outros.
 
Estamos em construção da seção Carta de Poesias, que irá oferecer aos nossos leitores uma mostra da produção poética dos principais poetas pernambucanos e brasileiros. Poetas que marcaram época e que continuam vivos em nossa memória. Clássicos, modernos, irreverentes, críticos, sempre atuais. Um registro da vida e obra dos nossos mais importantes poetas.
 
Nosso time de colaboradores formado pelo poeta Frederico Spencer e o escritor Douglas Menezes, ganha agora o reforço do escritor Cássio Cavalcante.
 
2012 marcou a nossa inserção no cenário literário nacional, o Domingo com Poesia é finalista do maior prêmio da internet brasileira TopBlog Brasil, selecionado entre os três melhores blogs, na categoria literatura, através de Júri Popular e Acadêmico. O prêmio TopBlog Brasil é um sistema interativo de incentivo cultural destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular (Júri Popular) e acadêmica (Júri Acadêmico), os blogs mais populares que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo (Pessoal e Profissional) e suas respectivas categorias. Além do prêmio, o TopBlog possui plataformas de indexação e publicação de conteúdo colaborativo com função de divulgar a blogosfera brasileira. Atualmente somam-se mais de 250 mil blogs indexados. O TopBlog é uma grande rede de divulgação viral pela rede internet. A expectativa é que 500 mil blogs participem das campanhas para divulgar e disputar o voto dos leitores de blogs, população estimada em mais de 28 milhões de internautas. Além da divulgação viral, foi realizada campanha institucional sobre o Prêmio em mídias on-line e off-line (TV, Rádio, Mobile e Internet) com abrangência em todo território nacional.
 
O blog Domingo com Poesia registrou também em 2012 a partida para o país das estrelas de grandes nomes da literatura, das artes e da ciência, entre eles  Cobra Cordelista, poeta pernambucano e radicado em Jaboatão dos Guararapes; Chico Anysio, artista plástico, humorista com mais de 65 anos de carreira no rádio, na TV, no cinema e no teatro; Oscar Niemeyer, maior nome da arquitetura brasileira que partiu em 2012, aos 104 anos; Eric Hobsbawn, um dos mais influentes historiadores marxistas. Tornou-se polêmico por suas convicções marxistas e por defender a ideologia socialista de Estado, mesmo após o colapso da União Soviética. Era integrante da Academia Americana de Artes e Ciências e foi professor de história no Birkbeck College (Universidade de Londres), além de atuar como professor da New School for Social Research, de Nova York. O último livro que publicou foi “Como Mudar o Mundo – Max e o Marxismo”, lançado em 2011; Décio Pignatari, poeta paulista tinha 85 anos e sofria de Mal de Alzheimer. Ele ficou conhecido como um dos criadores do movimento concretista nas artes brasileiras a partir da década de 50; Manuel António Pina, jornalista e escritor português, premiado em 2011 com o Prêmio Camões de Literatura; Millôr Fernandes, escritor, desenhista, dramaturgo e tradutor faleceu no final de março, aos 88 anos. Além de ter colaborado com importantes veículos de comunicação nacional, como as revistas “O Cruzeiro” e “Veja”, ajudou a fundar o jornal “O Pasquim” nos anos 60 e escreveu inúmeras peças de teatro, poesia e textos de humor; Maria do Carmo Tavares de Almeida, filósofa, pedagoga e teóloga. Integrante da Academia Pernambucana de Letras (APL), em que ocupava a cadeira de número sete desde 1983, foi carinhosamente chamada pelo amigo Gilberto Freyre de “a filósofa de Paris”; Lêdo Ivo nasceu em Maceió, 18 de fevereiro de 1925 e faleceu em Sevilha, 23 de dezembro de 2012. Lêdo foi um jornalista, poeta, romancista, contista, cronista e ensaísta brasileiro. Era membro da Academia Brasileira de Letras, eleito em 13 de novembro de 1986 para a cadeira dez, sucedendo a Orígenes Lessa.
 
O Ano Novo revigora nossas esperanças por dias melhores e nutre nossas expectativas por crescimento e sucesso. Um 2013 repleto de novas oportunidades e conquistas.
 
Um grande abraço com o brilho e a força da poesia, com a liberdade sempre presente nas ideias e na construção de uma sociedade mais justa e fraterna.
 
 
*Natanael Lima Jr é poeta e editor do blog Domingo com Poesia
 
 
 
 
 
 
Receita de Ano Novo
 
 
Carlos Drummond de Andrade
(1902 – 1987)
 
 
imagem: Reprodução
 
 
Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido
(mal vivido ou talvez sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,
novo até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?).
Não precisa fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar de arrependido
pelas besteiras consumadas
nem parvamente acreditar
que por decreto da esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.
Para ganhar um ano-novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

 



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima