domingo, 12 de março de 2000


RIBEIRO COUTO

(Santos/SP, 12/03/1898 - Paris em 30/05/1963)


Poeta, contista, romancista, jornalista, magistrado e diplomata. Considerado neossimbolista, participou da Semana de Arte de 1922, sua poética era triste e terna, ficou conhecido como um “penunbrista”. Foi redator do Jornal do Brasil e logo depois seguiu para Marselha (França), onde assumiria o posto de Vice-Cônsul Honorário e depois ocupou o cargo de Adido Cultural do Consulado Geral. Em 1958, conquistou em Paris, o Prêmio Internacional de Poesia, outorgado a estrangeiros, pelo livro “Le jour est long” que escreveu em francês. Sua obra mais famosa é “Cabocla”, adaptada duas vezes para a televisão. Muitas de suas obras foram traduzidas para o francês, italiano, húngaro, servo-croata e o sueco. Foi o quarto acadêmico da Cadeira nº 26 da Academia Brasileira de Letras (1934/1963), sucedido por Gilberto Amado. Tornou-se amigo e confidente de Manuel Bandeira.
Principais Obras: O jardim das confidências (1921); Poemetos de ternura e de melancolia (1924); Um homem na multidão (1926); Canções de amor (1930); Noroeste e outros poemas do Brasil (1932); Província (1934); Cancioneiro de Dom Afonso (1939); Cancioneiro do ausente (1943); Entre mar e rio (1952); Poesias reunidas (1960); Longe (1961).


Chuva

A chuva fina molha a paisagem lá fora.
O dia está cinzento e longo... Um longo dia!
Tem-se a vaga impressão de que o dia demora...
E a chuva fina continua, fina e fria, 
Continua a cair pela tarde, lá fora.

Da saleta fechada em que estamos os dois, 
Vê-se, pela vidraça, a paisagem cinzenta:
A chuva fina continua, fina e lenta...
E nós dois em silêncio, um silêncio que aumenta
se um de nós vai falar e recua depois.

Dentro de nós existe uma tarde mais fria...

Ah! Para que falar? Como é suave, branda,
O tormento de adivinhar — quem o faria? —

As palavras que estão dentro de nós chorando...

Somos como os rosais que, sob a chuva fria, 
Estão lá fora no jardim se desfolhando.

Chove dentro de nós... Chove melancolia...



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima