domingo, 31 de dezembro de 2017


TRÊS POETAS CELEBRAM O ANO NOVO

Frederico Spencer, José Luiz e Natanael Jr.
College: arquivo DCP





NA REDE
Frederico Spencer

Na caixa de entrada
busco teus e-mails
já que não vens, espero
que as ondas tragam, você
e este amor, cibernético
teça nossos filhos
de pele e osso, simplesmente
num toque digital.



BORDADO
Gravatá, 01/12/2017                         
José Luiz Melo

Não consigo afundar, embora queira
meu peso misturado com a terna,
meiga ambição da terra; na cisterna
das margens do meu rio, na ribanceira.

Sem atavios de seda, na caverna
mais profunda. Eu desejo na primeira
da última fileira, a mais interna,
a mais baixa e profunda prateleira.

Será o meu castelo, o elmo dourado
para eu cobrir a vasta cabeleira
deste meu nevo azul, mal-humorado,

A malha que me amarra, a derradeira,
desta intrincada colcha de bordado,
que passei desmanchando a vida inteira.



ENTRE ROSTOS
Natanael Lima Jr.

Era meu rosto exausto,
transfigurado de rubras adagas.
Lembro-o, claramente, por entre os penhascos,
sombria face que o tempo desprezara.

Era meu rosto ausente,
insensível as noites febris,
estrangeiro de afagos e carícias,
aberto por entre claras folhagens.

Era meu rosto translúcido,
indigente dos campos escarpados,
peregrino abissal de minha língua,
híbrida face que o tempo adormecera.

Jaboatão, 17/12/17



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima