domingo, 15 de março de 2015


GILBERTO FREYRE – O MESTRE DE APIPUCOS

O DCP celebra nesta edição a trajetória de mais um importante escritor brasileiro.

Gilberto Freyre, autor de
Casa-Grande & Senzala (1933)

Há exatos 115 anos nascia no Recife o autor de Casa-Grande & Senzala. Gilberto de Mello Freyre nasceu no dia 15 de março de 1900, na antiga Estrada dos Aflitos (atual Avenida Rosa e Silva). Como escritor, dedicou-se à ensaística da interpretação do Brasil sob ângulos da sociologia, antropologia e história. Foi também autor de ficção, poeta, pintor e jornalista.

Tendo como temas centrais de estudo a formação da família patriarcal brasileira durante a colonização e o surgimento de uma nova ordem brasileira a partir da República, Gilberto Freyre integra a geração de ensaístas que, após a Revolução de 30, se propõe a interpretar o Brasil em análises sociológicas fundamentadas em pesquisas empíricas. Sua obra não apenas inaugura a antropologia histórica no Brasil como exerce também importância fundamental para o Romance de 1930.

Ao lado de Sérgio Buarque de Holanda e Caio Prado, Freyre constitui a tríade de estudiosos que se torna marco na sociologia brasileira. De acordo com  Antonio Candido (1918), eles buscam denunciar o preconceito de raça, valorizar o elemento de cor, fazer a crítica dos fundamentos patriarcais e agrários, a partir do discernimento das condições econômicas, e desmistificar leituras naturalistas efetuadas, até então, por intérpretes como Sílvio Romero, Euclides da Cunha e Oliveira Viana.

Recebeu vários prêmios literários e o título de Doutor Honoris Causa de diversas universidades brasileiras e estrangeiras. Da Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, recebeu o título de Cavaleiro do Império Britânico.

Faleceu no Recife, no dia 18 de julho de 1987.


Os editores



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima