domingo, 15 de março de 2015


CONTO DO DOMINGO

Foi o quê? (conto) de Abigail Souza*


Abigail Souza
Foto: arquivo DCP

  
Sabe aquele dia em que tudo acontece?
Estava atravessando a Ponte Duarte Coelho. Mais adiante havia uma multidão se avolumando próximo aos Correios. O caos estava instalado naquela sexta-feira, véspera de feriado.
- Foi o quê? - perguntou um passante. Alguém respondeu que se tratava de mais um homicídio. As redes de TV faziam a cobertura. Daqui e dali ouvia-se um comentário:
         - Diz que o cara era figura ilustre, um político limpo, coisa difícil nos dias de hoje. Fazê o quê? - dizia um.
         - Esse povo não tem mais o que inventar. Até pra matar inventam uma moda! Sei não! - acrescentava outro.
- Um tiro, uma facada, uma garrafada, até um vaso sanitário no quengo a gente aguenta, mas, matar e comer os dentes do cara é um horrô! - dizia alguém que havia chegado quatro horas antes na cena do crime e, mesmo assim, não havia se inteirado do caso.
- Comeram os dentes do cara! Dizem até que o criminoso usa uma prótese de metal para triturar os dentes da vítima! - afirmou outro que acabara de chegar.
- Comeram os dente do cara? Dente da boca, de mordê? Caraca! Vou dá meus pulo pra sabê de tudo e é já! - falou alguém ainda mais curioso.
No meio da multidão surge um homem, cercado por seguranças, falando ao telefone:
- Não tem perdão! Não interessam suas desculpas. Eu vou processar essa divulgadora de outdoor! Vocês vão ter que mostrar a minha imagem com todos os dentes! 
  


*Abigail Souza tem duas obras da literatura infantil, é Professora de educação física, Psicopedagoga e incentiva a Leitura, através do Projeto: Eu conto, tu contas. Junto à Biblioteca Celina de Holanda (Centro Cultural Mestre Dié), em Ponte dos Carvalhos/Cabo de Santo Agostinho/PE. É da Academia de Letras do Cabo e de Jaboatão dos Guararapes.



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima