domingo, 11 de agosto de 2019


DANÇANDO NA LISTA DOS MAIS VENDIDOS



PUBLISHNEWS, REDAÇÃO, 02/08/2019




Paula Abreu I Foto: Redes Sociais




O livro 'Buda dançando numa boate', de Paula Abreu, estreou na lista dos mais vendidos ocupando o terceiro lugar em Não Ficção e o 10º da Lista Geral. Livro infantil de Rita Lee também fez sua estreia.




Em tempos em que a maioria das notícias nos deixa preocupados, cabisbaixos e até irritados, a lista dos mais vendidos dessa semana dá destaque para um livro que pretende ensinar o leitor a olhar o mundo e os acontecimentos sob uma perspectiva leve e bem-humorada. Parece difícil, mas é essa a ideia de Buda dançando numa boate (Buzz), livro da consultora empresarial Paula Abreu, que vendeu 2.512 exemplares na sua semana de estreia e garantiu o 5º lugar na lista de Autoajuda e o 10º da Lista Geral.

Além do livro de Paula, a listra trouxe ainda cinco novidades e outra que merece destaque é Amiga ursa (Globinho), novo livro de Rita Lee que conta a história da ursa Rowena, que se chamava Marsha e ficou conhecida como a “ursa mais triste do mundo”. Na obra, Rita Lee encarna a personagem da vovó Ritinha e ainda traz para a história a ativista Luisa Mell, que ajudou no resgate da ursa e a levou para um novo lar. A obra entrou na lista Infanto-juvenil no 17º lugar com 482 exemplares vendidos e ainda marcou a estreia do selo Globinho, da Globo Livros, na lista. Infanto-juvenil ainda trouxe a estreia de O Rei Leão (Universo dos Livros), na 16ª posição.

Em Autoajuda, além do livro do Buda dançarino, estrearam Obrigada, papai (Helen Exley / Nobel), de Helen Exley, no 13º lugar, e O manuscrito original (Citadel), em 20º, com 813 cópias vendidas. Para completar, em Não Ficção a obra O melhor guia de Nova York (Paralela / Companhia das Letras), de Pedro Andrade, estreou ocupando o terceiro lugar com 1.455 exemplares vendidos.

A Lista Geral continua sendo liderada pel’A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), que vendeu 8.957 exemplares nesta semana; seguida pelo livro de Tiago Nigro, Do mil ao milhão (HarperCollins), com 5.966; e O milagre da manhã (BestSeller), que vendeu 5.859 cópias. E em comparação com a semana passada, os números gerais da lista apresentaram crescimento de 2%, sendo que a categoria de Negócios a que mais cresceu (+11%), seguida por Autoajuda (+8%) e Não Ficção (+6%). Ficção e Infanto-juvenil ficaram no negativo com -11% e -7%, respectivamente.

O Ranking das Editoras continua sendo liderado pela Sextante que emplacou 13 títulos. Em segundo lugar o Grupo Companhia das Letras e Intrínseca aparecem empatadas com 10 títulos cada e a Globo Livros ficou com o bronze com sete. 





0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    8 anos

    desde 2011


Editor-Fundador Natanael Lima Jr