domingo, 4 de agosto de 2019


08 ANOS DE RESISTÊNCIA



04 de agosto de 2019. Por Natanael Lima Jr.








“Navegar é preciso, viver não é preciso”. Para o poeta português Fernando Pessoa, “o valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”. Resistir, resistir sempre, este foi o lema que pautou esses 8 anos de existência do DCP. A nossa luta proporcionou criar uma grande rede de solidariedade e amizade que fortaleceu o nosso trabalho na área da literatura. O DCP é uma proposta plural, democrática e aberta aos novos e consagrados escritores brasileiros e do mundo. Que possamos, pois,  nos inspirar no poeta Thiago de Mello, o poeta da liberdade e da esperança: “Faz escuro mas eu canto, / porque a manhã vai chegar. / Vem ver comigo, companheiro, / a cor do mundo mudar./ Vale a pena não dormir para esperar / a cor do mundo mudar./ Já é madrugada,/ vem o sol, quero alegria, / que é para esquecer o que eu sofria. / Quem sofre fica acordado / defendendo o coração. / Vamos juntos, multidão, / trabalhar pela alegria, / amanhã é um novo dia."
Vamos caminhar resistindo e acreditando em um novo amanhã.

Natanael Lima Jr. editor-fundador



DEPOIMENTOS



“Prezado Natanael,
Sucesso para o seu site. Sempre. Abraço."

(Antônio Torres, escritor e membro da ABL)


“Em tempos de luta e posicionamento, a Arte cumpre seu papel singular. Com palavras, sentimentos e conhecimentos, a Literatura e os que dela fazem labor/sabor renasce diariamente. E o site em pauta, celebrando 8 anos de vida, mantém viva esta chama nos leitores e Escritores. Pernambuco além de suas fronteiras está em festa. Obrigado Natanael e demais organizadores.”

(Neilton Lima, escritor e professor universitário)


“Vida longa ao site Domingo com Poesia, que vem prestando um valioso trabalho na divulgação de escritores, não só pernambucanos, mas brasileiros em geral, além de muitos outros, do panorama internacional. Parabéns e aplausos ao poeta Natanael Jr., coordenador do espaço virtual, e aos seus colaboradores.”

(Maria de Lourdes Hortas, poetisa luso-brasileira, escritora e artista plástica)


“Num país de abismos sociais, cuja cultura está fincada nas rachaduras da má vontade e do semeio da ignorância, a poesia é de fato marginal. À margem com ela estão os poetas, seres insistentes e persistentes, teimosos, graças a Deus. E é no centro dessa epopeia, ancorada no meio digital, que navega o Domingo com Poesia. Talvez seus nobres comandantes não a exata dimensão que o DCP exerce para os escritores brasileiros e para a Poesia do país. Eu (nós) tenho. Que continuem conduzindo essa nau com a mesma seriedade e empenho!”

(Sidney Nicéas, escritor, produtor cultural, realiza oficinas, palestras e workshops, É titular da Sidney Nicéas Comunicação Integrada, Diretor Geral da Ideação, Co-organizador da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco; e colunista de Literatura das Rádios CBN e Transamérica)


“Parabéns ao Domingo com Poesia, que faz um trabalho de resistência cultural. Persistir é essencial, principalmente numa era de trevas como a que vivemos. Avante!”

(Wellington Melo, escritor, semifinalista do Prêmio Portugal Telecom com o romance Estrangeiro no labirinto. Confraria do Vento; Autor de Felicidade. Ed. Patuá; Ocupou a pasta de Literatura do Estado de Pernambuco entre 2011 e 2017)


“O site Domingo com Poesia é um espaço com um conteúdo rico e diversificado. Sempre ofereceu (e oferece) ao leitor boas entrevistas, crônicas, artigos e muitos outros assuntos relacionados ao mundo dos livros e da arte. O site tem, sobretudo, um acervo diferenciado do seu produto principal: a poesia. O Domingo com Poesia, idealizado e mantido com profissionalismo e amor pelo poeta Natanael Lima Jr., comprova a relevância e a importância, sem esquecer da resistência, conquistada nesses oito anos no ar. Um site necessário para quem gosta de literatura de um modo geral.”

(Ney Anderson, jornalista, crítico literário, editor do site Angústia Criadora)


“Parabéns Natanael Lima, pela resistência e confiança depositada na sensibilidade dos leitores. Domingo com Poesia faz a diferença.”

(Salete Rêgo Barros, escritora, editora da Novoestilo Edições do Autor, produtora executiva da Cultura Nordestina Letras & Artes)


“O site Domingo com Poesia – DCP, é um grande divulgador da literatura e seus artistas. Vida longa ao DCP.”

(Valmir Jordão é poeta)

“Parabéns ao Domingo com Poesia pelos 8 anos de edições dedicadas à divulgação da poesia com a garra e competência do editor e poeta Natanael Lima. Votos de sucesso. Sempre e mais...”

(Cláudia Cordeiro, professora, pesquisadora, ensaísta e antologista)


“Parabéns aos oito anos do Domingo com Poesia, realizando esse incessante trabalho de resistência, através da divulgação de novos e consagrados autores, trazendo para nós mais poesia e mais fraternidade. Abraços.”

(Raimundo de Moraes, poeta, jornalista e publicitário)


“Refúgio dominical de quem tem na arte sublimação do prazer.”

(Paulo Caldas é escritor)


“Esta semana festejamos os oito anos do celebrado ‘Domingo com Poesia’ que se tornou para todos  ligados ao fazer literário de nossa região um farol, seja por alumiar os poemas publicados pelos nossos poetas para que tenham visibilidade que ultrapassa nossas fronteiras, seja a de se fazer de guia, de  estrela guia, para que os poetas encontrem onde serão acolhidos como membro desta confraria que une os poetas de todo o mundo, e que por serem raros, hoje são mais valiosos.
Conheci Natanael Lima e Fred Spencer quando, em 2015, o Presidente do Instituto Histórico do Jaboatão, Sr. Ivaldo Montarroios, decidiu homenagear a "Geração 65" dos escritores pernambucanos com um número especial da revista daquele Instituto Histórico, ocasião em que ambos participaram comigo do corpo redacional da referida revista.
Memorável a publicação. Fonte imprescindível para conhecer-se aquele movimento literário nas suas nascentes, com artigos como os de Cláudia Cordeiro, "O Grupo de Jaboatão nas fontes da Geração 65"; de Jackson Vieira de Mélo, "Dia Virá - Precursor da Geração 65"; Eloi Firmino,"Eloi Editor e a Geração 65" e Juareiz Correya, "Edições Pirata de Pernambuco", além da publicação de 15 poetas da Geração que nas palavras do editor seriam "aqueles que , após sua leitura, falassem ao coração de imediato."
Lembro-me da primeira vez em que fui publicado pelo ‘Domingo com Poesia’. Senti-me como que participando de um Olimpo onde pontificavam os escolhidos pela poesia, lembrança de como nos sentíamos eu e Alberto Cunha Melo, meninos em Jaboatão, quando nos acercávamos dos poetas municipais que faziam suas tertúlias vespertinas no "Bar Redondo", no centro da cidade, e nos imaginávamos um dia compartilhando daquela mesa.
O ‘Domingo com Poesia’ foi fundamental para mim, meu renascimento, poeta temporão, tantas décadas de afastamento sem escrever versos.
Suas páginas democráticas sempre abertas aos que as procuram já se constituem um marco na história literária de nosso Estado, neste quartel do século XXI.
Meus parabéns aos seus fundadores, que com a obstinação dos puros têm dado continuidade a esta obra tão importante para os escritores e para a cultura do nosso Estado.”

(José Luiz Melo, poeta e integrou a Geração 65 de escritores pernambucanos)


“Por sete anos eu e Natanael repartimos a editoria do Domingo de Poesia, começamos juntos e isto foi muito bom porque construímos uma plataforma sólida sobre a literatura regional. Foram anos de muito trabalho e também de muitas vitórias, dentre elas os dois Prêmios Top Blog, a menção honrosa da Câmara dos Vereadores de Jaboatão e também um reconhecimento do Governo do Estado de Pernambuco. Vida longa a este importante veículo de divulgação de nossa literatura.”

(Frederico Spencer, poeta, contista e editor da FS Editora)


“Parabéns para nosso Domingo com Poesia ao completar 8 (oito) anos pulsantes de vida literária! Aplausos para o poeta e amigo Natanael Lima, criador e responsável pelo espaço! A literatura está em festa!
Espaço criado para abrigar e expor poetas e poemas, acessado especialmente aos domingos pelos que dão vida ao mundo literário pernambucano e de outros estados e recantos do país. Guardada a distância, relembro os espaços literários de velhos jornais recifenses, nos idos das décadas de 80 e 90 – onde a literatura foi tratada com respeito e os poetas tinham voz!
Hoje trago as mãos ocupadas pela alegria e meu muito obrigada ao amigo Natanael, criador do Domingo com Poesia (DCP)! Pois, a literatura está em festa! Os poetas têm voz, canto e encantamento!

(Vernaide Wanderlei é escritora, poetisa, socióloga)


O pó dominguesco reservado à poética da teimosia

Quando a sombra do desespero humano se debruça sobre nossas frágeis subjetividades, buscamos conforto em tudo que promete a cura rápida para nossos abalos existenciais. Defrontar-se conosco é o pior dos conflitos humanos, pois descobrimos ou confirmamos a nossa mesquinhez essencial.  
Por que não nos disseram logo que éramos tão vulneráveis dentro do jogo cósmico?  Ou que não passávamos de débeis jogadores de um campeonato que, para sairmos vencedores do último jogo, precisávamos aprender a perder?
Então, que sentido há na prática existencial? Seria constituir uma poética que nos ajudasse a atiçar os sentidos, a fortalecer imaginários, dissecar medos, dúvidas, inquietações, sabores e cheiros, prolongar gozos...? Enfim, criar outras realidades exequíveis para os nossos desejos, reinventar amores impossíveis e delirantes possibilidades para se acreditar na imortalidade humana?
Será preciso debandar os princípios da ordem secular e reerguer uma nova onda de protestos contra o defrontar-se, o escavacar a si, o mergulho dentro do infinito do nosso ser?
Talvez nada disso seja necessário, visto que o Google deseja reunir as enciclopédias e os diversos dicionários em um único click e substituir a experiente funcionária da biblioteca por um ‘Ok, Google’.
Além dessas considerações carcomidas de imprecisões, o que resta é viver para nossas invencionices, para fortalecer a poética da teimosia que acredita que a arte é tão inútil quanto morrer. Por fim, tentar ignorar o pó dominguesco o qual estamos condenados a cheirar, pois poesia vem do grego antigo ‘poíēsis,eōs’, e quer dizer ‘criação’.
Parabéns ao Domingo com Poesia, por repartir o pão semanal entre os que têm fome de inventividade.”

(Adriano Marcena é escritor, historiador da cultura e dramaturgo)


“É preciso saudar com reverência e aplausos o Domingo com Poesia, Iniciativa do poeta Natanael Lima Jr., pela divulgação da Poesia sem prevalência por vertente ou geração, mas abraçando gerações que, com resistência e apostolado poético, vêm escrevendo as páginas dessa linguagem primeva da humanidade. Oito anos são poucos! Precisamos de oitenta ou mais anos de domingos com poesia.”

(Rogério Reneroso é poeta, produtor cultural)


“É com muita alegria que vejo o DCP completar oito anos de existência. Anos estes de muitas conquistas para um trabalho iniciado tão despretensiosamente. Vemos, também, nos bastidores, a luta de um homem apaixonado pela arte que faz. O prazer que move cada montagem deste site, desde as parcerias, a escolha dos textos, até a postagem nas manhãs de domingo, como premiação maior. Trabalho solitário, mas movido de muito amor! Parabéns meu poeta!”

(Ângela Lúcia, esposa)




0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    8 anos

    desde 2011


Editor-Fundador Natanael Lima Jr