domingo, 29 de maio de 2016


A LIGAÇÃO – DOIS (CONTO DE FREDERICO SPENCER)



Img.: reprodução


- Senhor, precisamos fechar um protocolo. Só preciso de alguns dados: seu nome completo, os nomes de seus pais e seu CPF.
- Os nomes de meus pais posso lhes dizer, meu nome completo você já tem e o meu CPF não vou dizer.
- Senhor, é praxe saber se estou falando com a mesma pessoa.
- Já disse meu nome completo e os nomes dos meus pais, prova que sou eu mesmo. Além disso foi você quem ligou para falar comigo, prova que você sabe que sou eu mesmo.
- Preciso do seu CPF.
- Meu CPF, não vou dizer por que não sei quem é você.
- Senhor, temos um protocolo aberto, preciso saber se é você mesmo, preciso do número do CPF.
- Já disse que meu CPF não dou porque não sei quem você é, mas você sabe quem eu sou: sabe meu nome e os nomes de meus pais. Portanto eu sou eu mesmo, aliás você está falando comigo mesmo. Às vezes falo comigo também, será porque trago na memória o meu CPF. Aliás, qual é o número do seu CPF?
- Senhor, sou eu quem pergunta o CPF de todo o mundo. Não estou aqui para dizer a ninguém o número do meu CPF. Essa pergunta é minha.
- Mas eu preciso saber com quem estou falando.
- Agora! Mesmo que você me diga o seu não posso confiar, pode ser o de outra pessoa, quem vai me garantir?
- Mas não tenho nenhum protocolo com você, portanto não preciso dizer o número do meu CPF.
- Mas quem abre os protocolos são as pessoas e não os CPFs!
- Senhor, precisamos fechar o protocolo.
- Olha aí, você sabe com quem está falando. Pode dizer!
- Preciso do número do seu CPF! Se não vai dizer tenha um bom dia.
- A gente só dá bom dia a quem se conhece.



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima