domingo, 22 de fevereiro de 2015


POEMAS DO DOMINGO

 Poemas de Jade Dantas, Raimundo de Moraes, Antonio de Campos, Cícero Melo e Domingos Alexandre
  

Natural
Jade Dantas

o teu olhar de ternura
teu olhar

a ânsia incontida
a felicidade retomada

tão natural ficares comigo
(e ficas) no meu sonho

doloroso é acordar e lembrar
do nunca mais



Mi corazón arde por ti
Raimundo de Moraes

Ainda rutilavam
as últimas cinzas
das Fogueres de San Joan
Descabelada em grandes cachos castanhos
gardênias floradas no pátio
– entre os olivais de Valência
A Rainha de Copas desceu do seu castelo
Nada a deteve
– e suas aias lamentavam cruel desatino
Rasgada as saias
corvos transformados azuis sob a lua cheia
– a Rainha corria
Escutou os lobos que seguiam a trupe de ciganos
e seu grito era também como um uivo:
– Juanitaaaaaa...
Depois disso, foram duas bocas e um mesmo desejo
duas rainhas e nenhum Rei de Paus.




A AGENDA DA MORTE
Antonio de Campos

Todos temos uma hora marcada
na agenda da Morte

Uns com o encontro marcado
nas páginas iniciais,
outros, nas intermediárias

Mas todos esperam ter o encontro
marcado nas páginas finais

Todos iremos de vida vazios
sem que mais nos importe em que página,
em que hora, em que dia,

agendado a última entrevista
(à qual não se pode faltar,
nem atrasado chegar)
a Morte havia.

agosto 14, 2014



V Taverna além
Cícero Melo

Como o tempo corre e cansa
no relógio do meu peito:
Hoje eu sou uma criança,
ontem era um homem feito.
Como o tempo recupera
os outros tempos do sonho,
o longo quintal da espera
do menino que reponho.
Sou menino recomposto
de tempo, sonho e enfado.
Nas tendas de um rei deposto
todo o presente é passado.



Passagem
Domingos Alexandre

Constelações anônimas
saúdam lá do alto
esse pobre mortal
que caminha de bolsos vazios
pelos trigais alheios
e sustenta em seus ombros
o peso dos anos
que passaram rápido
como segundos.
Por detrás de uma nuvem
a lua me acena
com a doce esperança
de outros mundos.





0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima