domingo, 15 de julho de 2012


A Poesia (viva) de Pablo Neruda

(1904 – 1973)
Los personajes más influyentes de América latina



No último 12 de julho, marca a data de nascimento do poeta chileno Pablo Neruda. Foi uma das vozes mais expressivas da poesia mundial do nosso tempo. Sintetizou a consciência política, o lirismo romântico e um profundo domínio da linguagem poética. Admirado internacionalmente, recebeu em 1971 a honraria máxima literária: o Prêmio Nobel de Literatura. Entre as suas principais obras, estão: Cem sonetos de amor, Últimos poemas, Canto geral, Confesso que vivi e 20 poemas de amor e uma canção desesperada.
Nos últimos poemas, intimamente, o poeta conversa com o mar e suas diferentes formas. O sino ainda teima tocar. O peso dos anos e a doença aproximam-no da melancolia. A morte transparece e está presente. O livro Últimos Poemas, o último escrito pelo poeta, foi concluído em seu leito de morte, em setembro de 1973.
A grande voz de Neruda se levanta pela derradeira vez, cheia de nostalgia e melancolia, mas como querendo condensar nestes seus últimos poemas o sentido de toda a sua obra. Ao lermos os seus últimos poemas, poderíamos dizer, como o poeta à sua amada Matilde: “foi tão belo viver enquanto vivias”.




Se cada dia cai

Se cada dia cai
dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.

Há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência.


Aqui

Vim aqui para contar os sinos
que vivem no mar,
que soam no mar,
dentro do mar.

Por isso vivo aqui.










FESTEJANDO A POESIA

“Ao invés das intrigas e fofocas temos a arte e a cultura, é isso que propõe o blog Domingo com Poesia. Obrigado aos organizadores por nos darem a oportunidade de ter uma fonte tão rica de sensibilidade.”

Betinho Gomes, engenheiro agrônomo e deputado estadual.


“Alertado pelo poeta Cícero de Melo, conheci o blog Domingo com Poesia; nele aprecio a variedade dos textos, inseridos no que há de melhor em termos de literatura, sem contar, obviamente, o espaço aberto à divulgação do trabalho de outros escritores. Com prazer o acompanho em leituras. Abraços e parabéns pelo aniversário.”

Pedro Du Bois nasceu em Passo Fundo, RS, 1947. Poeta, contista e edita o blog “Pedro Du Bois – Poemas”.


“Compromisso é uma palavra carregada de obrigações, como também de amor. E se todo poema já é uma declaração de amor (ao que for), o compromisso em levar poesia para as pessoas torna-se ainda mais louvável. Sobretudo quando é em um dia que as grandes mídias metralham nossos olhos com o que de mais lamentável nos cerca. Em um ano na contramão o Domingo com Poesia acha o caminho certo dos e para os poetas.”

Fred Caju, poeta e edita os blogs “Poetas de Marte”, “Sábados de Caju” e “Cronisias”.


“Natanael é um prazer imenso visitar seu espaço literário, hoje em festa, celebrando seu primeiro ano de vida. Que venham muitos outros! Virei sempre aqui. Adicionei o link do "Domingo com Poesia" em meu blog "O Imaginário", em espaços irmãos. Parabéns e sucesso, sempre!”.

Márcia Sanches, poetisa e editora do blog “O Imaginário – SP”.


“Manifesto o meu efusivo parabéns ao poeta Natanael Lima Júnior pela passagem de primeiro aniversário do excelente blog Domingo Com Poesia. É de suma importância ter veículos como este na rede para que se possa ter acesso ao que há de melhor no universo poético. Parabéns reiterados.”

Luiz Alberto Machado, escritor, compositor musical, radialista e editor do “Guia de Poesia do Projeto SobreSites – RJ”


“Parabéns, poeta Natanael Lima, pelo bem que este seu blog nos faz. Sempre aos domingos, mas deixando o seu rastro que se renova a cada dia. Fazendo cada dia da semana um domingo de luz, sabedoria e arte. Mas não é esse o dom dos poetas como você e o bendito destino da poesia?”

Roberto Menezes, jornalista, escritor e poeta.



2 comentários:

  1. Obrigado querida amiga Karine pela visita, indico a leitura dos livros de Neruda, Confesso que vivi, últimos poemas, 20 poemas de amor e uma canção desesperada, são ótimos!

    ResponderExcluir

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima