terça-feira, 16 de maio de 2000


RONALD DE CARVALHO

(Rio de Janeiro/RJ, 16/05/1893 - Rio de Janeiro/RJ, 15/02/1935)


Poeta, jornalista e diplomata. Iniciou sua produção literária na escola parnasiana, tendo mais tarde aderido ao Modernismo. Participou da Semana de Arte Moderna (1922). Foi um dos mais significativos expoentes do Modernismo brasileiro. Sua estreia aconteceu com o livro “Luz Gloriosa” (1913), que revelava forte influência de Verlaine e Baudelaire.  Foi fundador da revista “Orpheu”, em companhia de Luis Montalvor, que exerceu forte influência na sua formação intelectual.

Principais Obras: Luz gloriosa (1913); Poemas e sonetos (1919); Epigramas irônicos e sentimentais (1922); Toda a América (1926); Jogos pueris (1926).
  

Epigrama

Enche o teu copo, bebe o teu vinho, 
enquanto a taça não cai das tuas mãos...

Há salteadores amáveis pelo teu caminho.
Repara como é doce o teu vizinho, 
repara como é suave o olhar do teu vizinho, 

e como são longas, discretas, as suas mãos...



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima