domingo, 12 de outubro de 2014


PANORAMA LITERÁRIO


Ferreira Gullar é eleito para a ABL


Maranhense vai ocupar o lugar do poeta e tradutor Ivan Junqueira


Gullar é eleito para a ABL
Foto: Divulgação

  
“A minha entrada para a academia é uma grande transgressão comigo mesmo”, disse nesta quinta-feira (9) o poeta maranhense Ferreira Gullar, de 84 anos, após ser eleito para ocupar a cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro. O titular anterior da cadeira era o poeta e tradutor Ivan Junqueira, que morreu em 3 de julho deste ano. Gullar obteve 36 dos 37 votos possíveis - houve apenas um voto em branco. Dezenove acadêmicos votaram pessoalmente e 18 enviaram sua escolha por carta. A cerimônia de posse deve ocorrer até o fim deste ano.

Fonte: Folha de S. Paulo - 09/10/2014 - Felipe Werneck



Relançamento do livro ‘O que há por trás das coxias?’
  

O relançamento do romance "O que há por trás das coxias?" de Fabiana Guimarães acontece nesta segunda (13), às 19h, no Caffè Trieste do Shopping Plaza (Recife), com apresentação do monólogo ‘Teatralizando Bandeira’, pela própria autora, em homenagem ao poeta, na data de seu falecimento. “A narrativa do romance tem como palco uma cidade chamada Pasárgada, onde o inimaginável acontece no decorrer da trama bem urdida. Cenas surpreendentes surgem das atitudes e reações dos personagens, que são muito bem construídos e alicerçados na complexidade do ser humano - uma crítica aos poderes constituídos.”



Escritor francês leva o Prêmio Nobel de Literatura


Patrick Modiano tem publicado no Brasil ‘Filomena Firmeza’, lançado pela Cosac Naify
  
Escritor francês Patrick Modiano
Foto: Divulgação


A Academia Sueca anunciou nesta quinta (09) o Prêmio Nobel de Literatura. O laureado é o novelista francês Patrick Modiano “pela arte da memória com a qual ele evocou os destinos humanos mais inapreensíveis e descobriu como se vive sua ocupação”. No Brasil, Modiano tem publicado o infantojuvenil Filomena Firmeza, pela Cosac Naify. Pela Rocco, lançou Ronda da noite (1985), Uma noite de Roma (1986) e Meninos valentes(2003), todos esgotados. 

Fonte: PublishNews



Pessoa em documentário


Filme cria retrato do escritor a partir de leitura de poemas

Cleonice Berardinelli e Maria Bethânia
Foto: Divulgação


Estreou na segunda-feira (6), no Festival do Rio, o documentário O vento lá fora um retrato do poeta Fernando Pessoa criado a partir da leitura de seus poemas pela imortal Cleonice Berardinelli, 98 anos, reconhecida como a maior especialista em Pessoa no Brasil, e pela cantora Maria Bethânia. Apresentada ao público uma única vez, na FLIP 2013, a leitura foi filmada no estúdio da Biscoito Fino durante dois dias pelo diretor Marcio Debellian. O roteiro do filme se constitui pela costura dos poemas com conversas sobre a obra do Pessoa, ressaltando aspectos da personalidade de seus heterônimos Alberto Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo Reis.
  
Fonte: PublishNews



0 comentários:

Postar um comentário

  • a literatura em sua rede

    ano IV


Editores: Frederico Spencer, Natanael Lima Jr e Thiago Lima